Página Inicial
| avançada |
Coimbra EditoraLivrarias AssociadasComo Comprar  

Registe-se

Email   Password
Homepage - Direito da União Europeia

Secções Temáticas
   
O NOVO PARADIGMA DA REGULAÇÃO E SUPERVISÃO DO SISTEMA FINANCEIRO NA UNIÃO EUROPEIA O CASO DAS AGÊNCIAS DE NOTAÇÃO DE RISCO

Autores: Tiago Mateus
Local de Edição: Lisboa
Editor: AAFDL
EAN 5606939008060
Editado em: Fevereiro - 2015
292 págs.
0,45Kg
€ 10,00 € 3,00

DA APRESENTAÇÃO DO TEMA


Desde a crise financeira de 2007-2010, e ainda com maior atualidade, com a crise da dívida soberana, o sistema financeiro na União Europeia tem sofrido inúmeras transformações, fruto da adaptação dos vários agentes económicos a uma nova realidade marcada pela volatilidade e instabilidade dos mercados financeiros, o que levou a que regulação e supervisão deste setor tivesse de ser profundamente repensada, de forma a prevenir novos episódios de crise, ou pelo menos, tentar mitigar os seus efeitos.

Deste modo, este trabalho procura analisar criticamente a evolução da regulação e supervisão do sistema financeiro na União Europeia nos últimos anos, em dois planos distintos, que se interligam de forma natural, ou melhor, um surge como concretização do outro, consubstanciando um novo paradigma de regulação e supervisão.

Assim, podemos dizer que análise que nos propomos efetuar se pode dividir em duas grandes partes, a saber, (i) a evolução da regulação e supervisão do sistema financeiro na União Europeia numa perspetiva geral, com particular incidência nas autoridades europeias de supervisão, e (ii) a regulação e supervisão do sistema financeiro na União Europeia, numa perspetiva substantiva, in casu, colocando o foco na evolução do enquadramento legal da atividade de notação de risco na União Europeia, que, em nossa opinião, constitui o expoente máximo do novo paradigma de atuação da União Europeia em relação ao sistema financeiro, assumindo um papel pioneiro para uma nova corrente de regulação e supervisão.
(...)

 

www.coimbraeditora.net
   
Powered by IBT Livraria Juridica. Todos os direitos reservados.